sábado, 23 de julho de 2016

 
 Vá, pedacinho de estrela!
Sua existência de amor inocente, límpido, verdadeiro.
As lembranças comprimidas em 17 anos de vida canina, ficarão em nossas essências. Como eu gostaria de acreditar em um paraíso, imaginar você lá com todos os gatinhos que já perdemos e com a Pitota, mas, posso fantasiar essa cena, não deixará de ser doce.
Obrigada por nos presentear com os seus olhares melódicos e sem maldade, obrigada por todos os instantes de felicidade e contemplamento.
Vá, minha pequena... mas não desapareça de nossos corações. Obrigada por ter feito parte de nossas existências, por ter partilhado ela conosco. Para sempre ♥

Pituxa - Novembro de 1999 _ Julho de 2016

Visitas

Web Statistics