quinta-feira, 20 de agosto de 2015


10 - Alvorecer 

Tons alvos invadem o quarto, é o dia chegando... 

Quase amanhece, não tenho sono, meus olhos tem uma visão dos teus, também em negação de sono, em uma sintonia bela nos observamos em vasto silêncio. 
Não há limite de tempo em venerar os encantos nos olhos do ser enamorado.

Me levanto, abro a janela, a brisa tem sabor de amora fresca,  em voz baixa ouço bem próximo a mim:

'' Deleito-me nos recantos de baunilha em tua pele doce. Única. ''



Volto aos braços, faço laços, leio teu sorriso... Faço viagem em teus lábios repletos de cálida poesia. 

'' Delírios em lábios deliciosamente aromáticos
Orvalho espalhado em pele cálida
Sussurros abraçando os sentidos ''

A intimidade vista, reconhecida e vivida de maneira adocicada pode ser demasiada abrasadora. 
Perder-se em desejos ao lado de alguém é se encontrar... 



Ness Forest
Imagem: Théo Gosselin 

Visitas

Web Statistics