sábado, 19 de outubro de 2013


Perambulou pela casa como um fantasma a procura da sua antiga vida, fomentando sonhos esquecidos por detrás daquelas paredes decoradas. 
Fatias de felicidade caem de leve em seus ombros, enquanto em algum lugar, a esperança irrompe em barreiras rígidas de medo. O medo é gatuno, entra e sai com seus melhores sorrisos, recuperar é uma luta demorada, muitas vezes é olho no olho, batalha mental. 
Em um breve momento, sente uma corrente de ar passando pelo seu pescoço, deixando um carinho catártico, surpreendentemente crescente. 
No corredor escuro, encontrou a pérola perdida, aquela ganhada quando criança, ao olhar atentamente para ela, recuperou parte daquela pureza genuína, partilha-la é sabedoria. 


Não esfaqueie seus delírios 
Páginas manchadas tem segredos meticulosos
Deguste-os

A sujeira acumulada em teus pés descalços
Leitura de sua caminhada
Decifre-os

Aquele sussurro em teu ouvido é enigma
Dê vida a essa voz melancólica
Alimente-a.


- Ness Forest
Imagem: Steffi

Fragmentos

Visitas

Web Statistics