sexta-feira, 27 de setembro de 2013


A folha em branco espera para ser preenchida, as mãos prontas, o cérebro a mil. 

Seus olhos não me atormentam, não me encaram com desdém, só me deixam curiosa sobre o que terá além deles. 

Colocarei cores nos traços, aquarela está vencendo, a suavidade pede, chega de visões pesadas [por ora].

Quero evitar contestar minhas vontades, transformar uma folha em branco em arte é libertador, retratar o 'bem querer' faz a arte mais intensa e com gotas de mistério melancólico. 

Desejo um dia descobrir todos os motivos que me levaram a desenhar estes olhos e não outros, o que me levaram a ter este insight verdadeiramente cheio de doces poréns. 

- Ness Forest
Imagem: bjing

Visitas

Web Statistics