quarta-feira, 26 de junho de 2013


Ela abriu sua caixa luminosa
Rascunhos não passados a limpo
Considerações enviadas, impressas e guardadas

Preciosos pixels em uma existência que foi sentida
A respiração se descontrolava
Ar que não cabia no peito

Ela sabe, não esquece, satisfação mantida
Ontem foi e ainda é uma maneira de ser
Sons e cores, invadiam o espaço

Um pulo no precipício feito de papel 
Uma despedida cheia de dúvidas
Agonia servida em prato trincado

No entanto, ainda mantém os preciosos pixels de uma existência que foi sentida
A respiração descontrolada e o ar que não cabia em seu peito
O brilho que nascia ao abrir a caixa luminosa e ainda é lembrado como se fosse ontem, naquela maneira de ser ... verdade [real]. 


- Ness Forest
Imagem: Ness Forest 2013

Visitas

Web Statistics