terça-feira, 22 de janeiro de 2013


Ainda sinto aquelas pétalas azuis em meus pés
a água em sua tonalidade saturada
a página de um livro antigo comido por traças. 

Piscadelas incompletas
vogais e consoantes seduzindo o grafite quebrado
filmes curtos escondidos em caixas velhas.

Desejando existir o tratamento '' Brilho eterno de uma mente sem lembranças'' 
depois mudar de ideia e querer mante-las 
... e ter uma saudade sem memória olfativa, mas bela na sua melhor maneira.


Ness  Forest

Imagem: Adriano Sodré

Visitas

Web Statistics